COMENTEM OS LIVROS

MENINAS COMENTEM OS LIVROS.

O BLOG SE ALIMENTA DE COMENTÁRIOS!

COMENTÁRIOS DÃO VIDA AO BLOG!

DEDETIZADORA - CAMPINAS E REGIÃO

Qual é o seu estilo?

DICA


PARA ABRIR QUALQUER PÁGINA E FUGIR DAS PROPAGANDAS, SEM PROBLEMAS.

CLIQUE COM O MOUSE DIREITO E ESCOLHA A OPÇÃO ABRIR GUIA OU LINK EM OUTRA PÁGINA

ISSO SERVER PARA O ÍNDICE , ETC


para falar comigo : amoraosromances2@gmail.com

LIVROS RECOMENDADOS PARA LEITURA

  • A PROMETIDA - Esse livro está somente no AMAZON, mas tive a oportunidade de ler no Wattpad(já foi Retirado). Eu o classifico como comédia romântica. Amei Mansur, o S...
    Há um ano

Gostou do Blog ? Seja um MEMBRO !!

LIVROS EM INGLÊS E ESPANHOL

LIVROS EM INGLÊS E ESPANHOL
PARA VOCÊ QUE ESTUDA A LÍNGUA- CLICK NA IMAGEM

domingo, 13 de setembro de 2015

DUAS VEZES MEU

Duas vezes meu
Boomerang Bride
Margaret Pargeter
Coleção Bianca, nº 186
Série 
Romances Editora Abril, 1979
Quatro anos atrás, Wade não tinha hesitado em expulsar Vicki de casa. Apesar de continuarem casados e terem um filho, ele nunca se interessou em saber sequer se estavam vivos ou mortos. Agora, inesperadamente, mudava de idéia e queria que ela e o pequeno Graham voltassem para sua fazenda no norte da Austrália. Por quê? Aquele nunca tinha sido um casamento normal. Wade só havia casado para desafiar o avô, e Vicki suspeitava de que seus motivos para chamá-la de volta também não tinham nada a ver com amor. Uma suspeita que se transformou em certeza e medo, quando descobriu que ele continuava cruel como sempre. Até pior, pois podia tirar dela sua única razão de viver: o filho.

LIVRO

36 comentários:

  1. Ogrissimo !!!!!!!! Tem que amar muito este homem para perdoa-lo

    ResponderExcluir
  2. Lembro-me de uma passagem nesse livro,em que o Ogro Wade encontra a esposa no banheiro, tendo náusea.No mesmo instante, ele entende o que se passa com ela e a expulsa de casa.Ele
    disse:"Vou sair agora e quando voltar,não quero encontrá-la mais aqui"!Duras palavras!!!Que cavalo!Gostei da atitude de Vicki,arrumou suas coisas e partiu...

    ResponderExcluir
  3. A mocinha é órfã, pobre, sem amigos e lugar para morar, não recebe nenhuma palavra gentil do mocinho e de seu avô. Sofre até praticamente o fim do romance.

    ResponderExcluir
  4. A mocinha é órfã, pobre, sem amigos e lugar para morar, não recebe nenhuma palavra gentil do mocinho e de seu avô. Sofre até praticamente o fim do romance.

    ResponderExcluir
  5. essa mocinha sofre o tempo todo, nem o filhinho morre de amores por ela, e é ela ainda que da o primeiro passo dizendo que ama o ogro,mesmo assim o livro é bom

    ResponderExcluir
  6. Um ogro fofo e ela uma mulher apaixonada, porém orgulhosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem o filhinho dela é fofo, pq não tá nem aí pra mãe; e orgulho é tudo que ela não tem! Se tivesse, o romance teria futuro.

      Excluir
  7. Gostei do livro, mas confesso que pasma dele mandar a mocinha embora, mesmo ela estando grávida dele, que bom que ele confessou que se arrependeu em seguida e voltou pra pedir desculpas, mas ela já havia partido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levou 4 anos pra acha-la? Um cara rico e cheio de conhecimentos? Essa foi outra desculpa esfarrapada quem não colou!

      Uma mulher apaixonada, é uma mulher cega. Esse ditado foi inspirado na Vicki.

      Detalhe, não entendo a tradução: Duas vezes meu, quando quem é absolutamente dominada é ela!

      Excluir
  8. Gostei do livro, mas confesso que pasma dele mandar a mocinha embora, mesmo ela estando grávida dele, que bom que ele confessou que se arrependeu em seguida e voltou pra pedir desculpas, mas ela já havia partido.

    ResponderExcluir
  9. Não gosto de histórias em que o mocinho é extremamente rude em alguns momentos e no final da história mostra o arrependimento ou a justificativa para as grosserias.

    ResponderExcluir
  10. Ai não. Li por curiosidade mas sinceramente odiei, ela era órfã, jovem, inocente e trabalhava para a família dele. Ele casou com ela sem nenhuma consideração apenas pelo seu interesse tira a virgindade dela só por que tá com tesão e ela tá ali disponível não toma nenhuma precaução detalhe ele nem faz ela ter um orgasmo e quando a mocinha tenta se aproximar chama ela de vagabunda quando engravida a culpa e a expulsa sem a coitada ter pra onde ir..... Affs aparece 4 anos depois..Não coração..... Sai fora

    ResponderExcluir
  11. Ai não. Li por curiosidade mas sinceramente odiei, ela era órfã, jovem, inocente e trabalhava para a família dele. Ele casou com ela sem nenhuma consideração apenas pelo seu interesse tira a virgindade dela só por que tá com tesão e ela tá ali disponível não toma nenhuma precaução detalhe ele nem faz ela ter um orgasmo e quando a mocinha tenta se aproximar chama ela de vagabunda quando engravida a culpa e a expulsa sem a coitada ter pra onde ir..... Affs aparece 4 anos depois..Não coração..... Sai fora

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus que cavalo, depois de tudo que fez diz que ama a troxa e ela aceita nossa que mocinha mais fraca sem amor proprio que horror ... Ate passei mal de tanta raiva dessa tonta e desse " mocinho" afff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que tbm passei, debora. kkkkkkkkkkkkkkk

      ele é um ridículo!


      Ceça.

      Excluir
  13. Li os comentários, e mesmo assim arrisquei.. gente o que é isso??? Essa mocinha, deu origem a palavra 'pobre coitada'! Porque ficou orfã, sozinha no mundo, vai parar na fazenda de um povo quem tem o coração dentro do sapato, o mocinho ogríssimo, q sempre a ignorou, se aproveita por ela ser ingenua (e tonta apaixonada), trata ela de forma duvidosa desde q casaram, acusa desde o inicio de ser leviana, descobre que ela era virgem (que comportamento escroto esse com uma garota que tem sua primeira vez? Ele foi um canalha, safado!!) e ela sempre coitada, com auto estima ruim, coisa que ele e o avô sempre faziam questão de minar ainda mais! Essa moça sofreu bastante, sempre incompreendida e até o filho, já é um projetinho de ogro tbm! Os homens que ela mais ama e faz de tudo por eles (o marido, o avô e o filho) visivelmente deixam ela de lado a maior parte do livro; que horror!! Td bem q ela era muito nova quando casou, mas tive esperanças que com o desprezo e o 'bota fora' que o marido lhe deu, ela tivesse adquirido alguma fibra e melhorado o amor próprio pelo menos, mas foi bem longe disso. Ela tinha dois comportamentos no decorrer do romance:quando não estava sofrendo c a rejeição dele, se comportava como empregada na casa ou bastava ele tocar nela, ela entrava num cio instantâneo!! E ele dono de um comportamento absolutamente cafajeste, desde que propôs o casamento, não cansava de trata-la como um objeto q na falta de coisa melhor, ele usava, ele fala isso no livro! Despreza o filho que ele sabe que é dele, até quase as ultimas páginas, tem o desplante de deixar ela dormindo num quarto sujo e desconfortável quando a trouxe de volta, esperando q ela peça pra ir dormir no dele (é muito desaforo), ela é uma coitada, ele a tem na palma das mãos, pinta bolinha com ela, que ainda 'arde por ele', falta de amor por sí mesma tira o encanto de qualquer personagem, fora que ele frisa sempre que sofreu muito quando ela o deixou, quando foi ele mesmo q a expulsou grávida!! Absurdo!! Tentou, como todos os ogros se justificar no fim, mas só convenceu ela mesma, que é uma infeliz cega, que nasceu pra ser saco de pancada dele. Decepcionante!!


    Ceça.

    #curtodemaisesseblog

    ResponderExcluir
  14. Nem vou ler! ahahahaha acabei de ler um dessa autora que achei horrível, e esse vai na mesma linha pelo visto!!!

    ResponderExcluir
  15. lá vou eu ter que ler este livro também, depois de ler tantos comentários sobre o horrível comportamento dele com a coitada da moça lol

    ResponderExcluir
  16. Jesus!Autoestima e amor próprio:0,insensibilidade e ignorância:10!detestável!

    ResponderExcluir
  17. O pior livro que já li. Chamar o cara dr ogro eh uma ofensa pra o ogro. A mocinha não tem respeito por si mesma. Não é uma boa mãe, é o tipo de mulher que precisa de tratamento psicológico com urgência..

    ResponderExcluir
  18. Esse livro só veio comprovar que eu não gosto dessa autora! Td bem um ogro apaixonado é até legal, mas esse abusou e esse amor no final não me convenceu….

    ResponderExcluir
  19. Eu como gosto de romances com ogro eu gostei, adoro as brigas, os beijos apaixonados!!

    ResponderExcluir
  20. Não fiquei convencida do amor dele. E que criança abusada. Mais da pra ler

    ResponderExcluir
  21. Hahahaha... Não sei porque insisto com essa autora. Ela é mal amada, mal vivida, de mal com a vida e não tem esperança na vida. Ô miséria. Ela tem raiva da vida, só pode.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim e um homem....ahahahahaha detestei todos os livros dela que li...hj nem chego perto se vejo que 'e dela....

      Excluir
  22. Oi meninas,
    me ajudem, estou procurando um livro que conta a história da mocinha que tem problemas cardiacos que muda para a sua cidade natal, pq o pai é militar, ela se apaixono pelo seu professor da escola.
    são dois livros.

    ResponderExcluir
  23. Gente do céu !!Quando comecei a ler romances tinha uns 13 anos por ai. E naquela época fazia a listinhas das minhas escritoras prediletas , para sempre compra nos sebos. E esta sempre estava na minha lista. Hoje, lendo todos os comentários sobre a Margaret Pargeter , fiquei curiosa e fui dar uma olhadinha nos outros livros dela aqui no blog, e as opiniões continuam iguais tirando um ou outro bom, como dizia um comentário : ou você ama ou odeia. Agora a pergunta: qual meu problema na adolescência? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Lembro que tinha livros que me tiravam do serio na época, mas quem sabe eu tinha um" q "de sofrencia hahahaha. Uma hora crio coragem para ler um livro dela, porque com os comentários aqui me desanimei.
    PS: fui pesquisar no Google sobre a autora , não ha nada sobre ela, nenhuma foto ,então quem sabe realmente ela seja um homem hehe.

    ResponderExcluir
  24. O livro é bom apesar da crueldade do mocinho. Ele diz que a ama, mas pergunto que amor louco que maltrata? O homem passa o livro todo torturando a coitada simplesmente e dizendo que ela é infantil sendo que ele é mais infantil com as coisas que diz e faz.

    ResponderExcluir
  25. Meu Deus.....com tanto se discutindo sobre violência contra mulher como não censuram livros assim? Parece até que a autora é a favor do homem bater na mulher "porque a ama". Violência verbal é mais difícil de sanar do que a física, porque a verbal é invisível. Nem li o livro, mas li um outro da autora com a mesma linha. Decepcionei.
    Obrigada pelos comentários pois me ajudam a não le-lo.

    ResponderExcluir


MENINAS O BLOG, NÃO TEM MODERADOR DE COMENTÁRIOS. MAS COMENTÁRIOS OFENSIVOS OU PROVOCATIVOS SERÃO TIRADOS.

NÃO MANDO LIVROS POR EMAILS, O BOX TEM LIMITE PARA BAIXAR POR MÊS,
BAIXE APENAS O QUE VOCÊ IRÁ LER.
OS LINKS COSTUMAM PARAR DE FUNCIONAR NO FINAL DE CADA MÊS POIS O BOX ESTOURA O LIMITE, PARA ISSO NÃO ACONTECER PRUDÊNCIA NO BAIXAR DOS LIVROS.