COMENTEM OS LIVROS

MENINAS COMENTEM OS LIVROS.

O BLOG SE ALIMENTA DE COMENTÁRIOS!

COMENTÁRIOS DÃO VIDA AO BLOG!

DEDETIZADORA - CAMPINAS E REGIÃO

LIVROS RECOMENDADOS PARA LEITURA

  • A PROMETIDA - Esse livro está somente no AMAZON, mas tive a oportunidade de ler no Wattpad(já foi Retirado). Eu o classifico como comédia romântica. Amei Mansur, o S...
    Há um ano

Gostou do Blog ? Seja um MEMBRO !!

SANDRA RUMMER

  • AGRADECIMENTO - Gostaria de agradecer a todas vocês que fizeram da série Irmãos Barak um sucesso. Ele ocupa o 3 e 4 lugar dos mais vendidos no Amazon, desde o dia 18/05...
    Há um mês

domingo, 14 de junho de 2015

TEU AMOR A QUALQUER PREÇO LINDSAY ARMSTRONG


Teu amor a qualquer preço
Save my Soul fron sin
Lindsay Armstrong
Coleção Sabrina, nº 389
Série
Romances Nova Cultural, 1985
Clayton tomou o rosto de Melissa entre as mãos e declarou, emocionado: "Tenho tanto amor, tanto carinho para dar... Por favor, Melly, volte para casa." Ela fechou os olhos, incapaz de encarar aquele rosto querido, cheio de expectativa. Dois anos de separação lhe haviam ensinado muitas coisas. A principal delas: não se deixar envolver pelo coração. Seu corpo ainda ansiava pelo dele. Porém sua boca não pronunciou as palavras que Clayton esperava...

8 comentários:

  1. Não gostei, péssimo!! A mocinha reencontra o mocinho depois de 3 anos no apartamento de outra mulher !!!

    ResponderExcluir
  2. Mocinho canalha,asqueroso,nojento,vingativo,cínico,abjeto,tremendo fdp!!
    Mocinha ingênua,tonta,abnegada,precisa de tratamento psiquiátrico e assistência psicológica.
    Voltar pra um canalha desses,ainda por cima implorando para não se separar,foi de estarrecer.
    Gente i romance é bem escrito,cheio de emoções,não necessariamente de boas emoções,mas fascinante.

    ResponderExcluir
  3. Concordo,esse homem tinha que ser fuzilado e essa tonta da mocinha devia tomar vergonha na cara e ter mais amor próprio.O homem pintou o sete com os sentimentos dela,como se não tivesse se tratando de um ser humano.
    Me sentir angustiada ,com raiva,pena e frustrada por essa mocinha não ter dado o troco no cretino.

    ResponderExcluir
  4. eu ñ acredito que eu li até o final, decepcionante... a outra ainda conta que ele dormiu com ela, para se consolar? oi? que ele desaprendeu tudo e agiu como um garoto? com saudades... hein? to bege....

    ResponderExcluir
  5. Jesus, pensei em ler, mas depois de ler os comentários melhor tentar outro….ahahahahah

    ResponderExcluir
  6. Bem em todos os lugares que li sobre esse livro 99,9% dos comentários foram beeeeem negativos, mas resolvi ler por minha conta e risco, pois os romances me chamam atenção tanto nos comentários negativos quanto nos positivos. E esse atiçou minha curiosidade já sei de antemão que irei passar raiva como as demais colegas, mas vou arriscar depois volto pra comentar!

    ResponderExcluir
  7. Estou com a Beatriz: tantos comentários negativos me levaram a ler. Vamos lá: 1- Puta raiva do mocinho fracote e de caráter duvidoso; 2- Baita ciúme da mulherzinha; 3- Mocinha infantil. Então, vendo assim realmente o livro é um horror, sobretudo se o lermos com os olhos florzinha. Esqueci de falar do pai mequetrefe e chantagista. Mas o caso é que o mocinho se regenerou (vamos acreditar um pouquinho no amor, galera); a mocinha cresceu (e assumiu que ama o mardito) e a amante até que é simpática ( o mocinho tava lá de bobeira e carne é carne). Enfim, não é dos melhores mas o salvaria do tronco.

    ResponderExcluir
  8. Não é uma estória que deixa saudades, o reencontro dos mocinhos foi muitíssimo constrangedor, embora nenhum dos três tivesse culpa. Mas, mesmo assim, não deixa de ser doloroso. Quanta ironia Clay passar anos à procura da esposa, se mantendo fiel “em termos”, e ela o encontra, literalmente, com as calças na mão, realmente acho que ninguém gostaria de estar na posição dele naquela hora. Não gostei de como a trama se desenrolou, Clay errou muito no passado e continuou com seus erros no presente. Se comportou como se fosse o ofendido, quando na verdade ele quem foi o algoz da mocinha, utilizando-a como objeto de sua vingança, ela foi uma vítima... No reencontro o casal não se falava e o pouco que conversaram, foram diálogos de duplo sentido, ironicamente a mocinha só sabia o que acontecia pela voz da “amante” (sim, vou chamá-la de amante, pois como o mocinho dizia que Melly ainda era sua esposa, portanto, a única posição que Tanya ocupava era a de amante, independente das circunstâncias). Acho que, depois da forma como Clay enganou a mocinha, merecia um pouco mais de arrependimento e de boas ações por parte dele, ao meu ver ele não fez nada que o redimisse, somente dormiu uma noite com a esposa e depois fugiu, deixando um bilhetinho ridículo. Não me agradou e nem merece uma segunda leitura!

    ResponderExcluir


MENINAS O BLOG, NÃO TEM MODERADOR DE COMENTÁRIOS. MAS COMENTÁRIOS OFENSIVOS OU PROVOCATIVOS SERÃO TIRADOS.

NÃO MANDO LIVROS POR EMAILS, O BOX TEM LIMITE PARA BAIXAR POR MÊS,
BAIXE APENAS O QUE VOCÊ IRÁ LER.
OS LINKS COSTUMAM PARAR DE FUNCIONAR NO FINAL DE CADA MÊS POIS O BOX ESTOURA O LIMITE, PARA ISSO NÃO ACONTECER PRUDÊNCIA NO BAIXAR DOS LIVROS.