COMENTEM OS LIVROS

MENINAS COMENTEM OS LIVROS.

O BLOG SE ALIMENTA DE COMENTÁRIOS!

COMENTÁRIOS DÃO VIDA AO BLOG!

DEDETIZADORA - CAMPINAS E REGIÃO

O Capataz

O Capataz
Operação caça cowboy

Qual é o seu estilo?

DICA


PARA ABRIR QUALQUER PÁGINA E FUGIR DAS PROPAGANDAS, SEM PROBLEMAS.

CLIQUE COM O MOUSE DIREITO E ESCOLHA A OPÇÃO ABRIR GUIA OU LINK EM OUTRA PÁGINA

ISSO SERVER PARA O ÍNDICE , ETC


para falar comigo : amoraosromances2@gmail.com

LIVROS RECOMENDADOS PARA LEITURA

  • A PROMETIDA - Esse livro está somente no AMAZON, mas tive a oportunidade de ler no Wattpad(já foi Retirado). Eu o classifico como comédia romântica. Amei Mansur, o S...
    Há um ano

Gostou do Blog ? Seja um MEMBRO !!

LIVROS EM INGLÊS E ESPANHOL

LIVROS EM INGLÊS E ESPANHOL
PARA VOCÊ QUE ESTUDA A LÍNGUA- CLICK NA IMAGEM

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

SÉRIE HERANÇA DO PODER


Noiva Rebelde


Série Heranças do Poder


Uma esposa inesperada!


Cristo Ravelli caminhava pela propriedade irlandesa de seu pai lastimando o dia em que ouviu o nome Brophy.
Que o seu pai tenha morrido e deixado um bando de filhos ilegítimos era dificilmente uma surpresa.
Mas, para silenciar esse escândalo, Cristo precisava incluir a guardiã de seus irmãos em seus planos. A única preocupação de Belle Brophy era com seus meios-irmãos, que agora estavam sob seus cuidados.
Ela faria qualquer coisa para proporcionar a eles a segurança que nunca teve. Então, quando um belo italiano a pede em casamento, ela não recusará.
Entretanto, assim que a aliança está em seu dedo, Belle logo descobre que um casamento significa muito mais do que apenas dizer eu aceito.


Capítulo Um


Cristo Ravelli analisou o advogado da família sem poder acreditar.
— É alguma brincadeira de 1° de abril fora de época? — perguntou, franzindo as sobrancelhas. Robert Ludlow, sócio sênior da firma Ludlow & Ludlow, não achou graça. Cristo, importante banqueiro especializado em capital de investimentos e de risco, extremamente rico, não era homem de ser provocado com brincadeiras. Aliás, Robert ainda não descobrira se ele tinha ou não senso de humor.
Ao contrário do falecido pai, Gaetano Ravelli, Cristo levava a vida com muita seriedade.
— Lamento, mas não é brincadeira — confirmou Robert. — Seu pai teve cinco filhos com uma mulher na Irlanda... Cristo estava estupefato.
— Quer dizer, todos aqueles anos que saía em suas viagens para pescar nas propriedades irlandesas...?
— Sim. Creio que o menino mais velho tem agora 15 anos...
— Quinze? Mas isso quer dizer... — Cristo apertou a boca larga e sensual, os olhos escuros faiscando de raiva, antes de fazer um comentário pouco lisonjeiro sobre tais crianças. Refletiu que, apesar de chocado, não estava muito surpreso com a revelação sobre o caráter conhecidamente mulherengo do pai. Afinal, durante sua vida irresponsável, Gaetano deixara uma trilha de desastres e ex-esposas furiosas, além de três filhos legítimos, portanto por que não deveria haver também um relacionamento irregular coroado com o nascimento de crianças?
Cristo, é claro, não podia responder essa pergunta em termos pessoais, já que nunca se arriscaria a ter uma criança ilegítima. Seu pai, por sua vez, irresponsável como sempre fora, fizera isso não uma, mas cinco vezes. Em particular quando jamais demonstrara o menor interesse nos filhos legítimos. Os irmãos adultos de Cristo, Nik e Zarif também ficariam espantados e chocados, e se essa história escandalosa viesse a público haveria uma repercussão ainda maior.
O fim do casamento de Nik ainda deixava Cristo insone. Quanto ao irmão caçula, Zarif, novo líder de um país no Oriente Médio, ele não merecia o enorme escândalo que o procedimento imoral de Gaetano detonaria na mídia.
— Quinze anos — murmurou Cristo, refletindo que a mãe de Zarif sem dúvida fora traída durante todo o casamento com seu pai sem fazer a menor ideia disso. E era uma realidade que Zarif não desejaria expor o fato ao público.
— Desculpe pela minha reação, Robert. Essa notícia me chocou muito. — Fez uma pausa, pensativo, e perguntou: — A mãe das crianças... o que sabe a seu respeito? Robert arqueou as sobrancelhas grisalhas.




Por um ano apenas...


Série Heranças do Poder







Rainha por um ano.

Anos atrás, Ella Gilchrist cancelou seu casamento com o príncipe Zarif al-Rastani, mas agora precisava da ajuda dele.
Ella terá que se submeter ao homem que passou anos tentando esquecer se quiser salvar sua família da falência.
A fim de manter a paz em seu país, Zarif tinha a obrigação de se casar.
Por isso, decide ajudá-la, mas com uma condição: Ella será sua esposa por um ano. E governará ao seu lado como a rainha perfeita, em público e na cama...


Capítulo Um


Zarif estava entediado. Os atrativos da amante altamente sofisticada haviam diminuído. Naquele momento, ela olhava fascinada para a sua imagem no espelho, ajeitando o pendente de rubi em volta do pescoço.
— É muito lindo — disse ela com os olhos arregalados. — Obrigada. Você tem sido muito generoso.
Lena era inteligente. Sabia que aquele era um presente de despedida, que deveria sair do lindo apartamento em Dubai sem discutir e procurar outro homem rico. Sexo, Zarif descobrira, não era dificuldade. Ele preferia as amadoras às profissionais, mas não se iludia a respeito da moral das mulheres com quem dormia. Ele lhes proporcionava as coisas boas da vida, e elas lhe proporcionavam o alívio necessário para a sua alta carga de energia sexual.
Elas compreendiam a necessidade de discrição e sabiam que qualquer contato com a mídia seria um tremendo erro. Mais que qualquer outro homem, ele precisava preservar a sua imagem pública. Aos 12 anos, tendo seu tio como regente até que ele atingisse a maioridade, Zarif se tornara rei de Vashir. Ele era o último de uma longa linhagem de senhores feudais a ocupar o trono Esmeralda no velho palácio.
Vashir era rico em petróleo, mas tinha uma cultura muito conservadora. Toda vez que Zarif tentava alavancar o país para o século XXI, a velha guarda que compunha o Conselho — composto por doze sheiks, todos com mais de 60 anos — entrava em pânico e argumentava que ele deveria pensar melhor.
— Você vai se casar? — perguntou Lena abruptamente, com uma expressão frustrada. — Desculpe, eu sei que não é da minha conta.
— Não imediatamente, mas em breve — respondeu Zarif, ajeitando o paletó e se voltando.
— Boa sorte — murmurou Lena. — Ela será uma mulher afortunada.
Zarif ainda franzia a testa ao entrar no elevador. Quando se tratava de casamento ou de filhos, sua família não tinha sorte. Historicamente, tanto os casamentos por amor quanto os realizados para celebrar alianças tinham fracassado e gerado pouquíssimos filhos. Ele era filho único e não suportava mais a pressão da família para que se casasse e tivesse um herdeiro. Aos 29 anos, ainda estava solteiro porque, na verdade, era viúvo.
Perdera a mulher, Azel, e um filhinho, Firas, há sete anos, num acidente de carro. Na época, ele achara que jamais iria se recuperar da dolorosa perda. Todos tinham respeitado o seu longo período de luto, e ele passara a gostar da solidão. Apreciava a maneira como vivia, mas se sentia culpado porque sabia que deveria cumprir o seu maior dever: arranjar uma esposa e dar continuidade à sua linhagem, garantindo a estabilidade do país que tanto amava.
Zarif voltou a Vashir em um jato particular. Antes de desembarcar, colocou a longa túnica branca, o manto bege e o turbante, exigidos para comparecer à cerimônia de abertura de um museu no centro da cidade.

Esposa Decidida


Série Heranças do Poder




Antes de assinar os papeis do divórcio, Betsy tem mais uma noite de amor com seu marido Nik Christakis, que acaba tendo consequências inesperadas que irão uni-los para sempre.

Nik Christakis já tinha sido seu príncipe encantado.
O indecentemente rico e belo magnata havia tirado Betsy de sua vida simples de garçonete e feito o inimaginável – casou-se com ela!
Mas a vida de casada não era bem o que ela fantasiava.
Enquanto sua mão deslizava sobre os papeis do divórcio, Betsy viu algo nos olhos de seu marido... Um lampejo do homem pelo qual ela havia se apaixonado.
Quando esse encontro termina em uma paixão impetuosa, Betsy se depara com duas consequências bastante inesperadas e que irão uni-la para sempre ao homem que estava determinada a esquecer.

Capítulo Um



— Um divórcio pode ser civilizado — disse Cristo Ravelli em tom diplomático.
Nik Christakis quase riu com desprezo ao ouvir a afirmação de seu irmão, cerca de dois anos mais velho, mas o respeito o levou a se conter. Afinal, o que Cristo sabia a respeito das feridas e agruras de um divórcio destrutivo? Cristo era um recém-casado feliz que não passara por aquela experiência...
Assim como nunca deveria ter passado por quaisquer experiências desagradáveis. Como resultado, Cristo era seguro e direto como um juiz, não tinha arestas, curvas ou intenções obscuras. Tinha tanta ideia da vida mais complicada e dura de Nik quanto um dinossauro jogado em um conto de fadas repleto de magia.
— Provavelmente você está imaginando como eu tive coragem de sugerir um divórcio — disse Cristo secamente.
— Mas você e Betsy já tiveram um bom relacionamento.
Eliminar a tensão e esfriar os ânimos seria mais saudável para vocês dois.
— Você ficará satisfeito ao saber que eu e Betsy teremos um encontro amanhã na presença de nossos advogados, para tentar fazer um acordo — resmungou Nik com uma expressão desanimada.
— É apenas dinheiro, Nik... Dio mio... — Cristo suspirou, pensando no enorme império empresarial que seu irmão maníaco por trabalho tinha construído.
— Você tem bastante. Nik trincou os dentes e seus olhos incrivelmente verdes brilharam de fúria.
— A questão não é essa. Betsy está querendo me depenar e levar metade de tudo que eu... — Eu não posso explicar por que ela está fazendo tantas exigências. Eu poderia jurar que ela não tinha um pingo de ganância — declarou Cristo, aborrecido.
— Já tentou conversar com ela, Nik? Nik franziu a testa.
— Por que eu tentaria conversar com ela? — perguntou ele, admirando-se com a sugestão que lhe parecia insana.
— Ela me colocou para fora de casa, entrou com o pedido de divórcio e está tentando me tirar milhões!
— Betsy tinha motivos para expulsá-lo — lembrou Cristo ao irmão asperamente. Nik contraiu os lábios. Sabia exatamente por que o seu casamento implodira.
Casara-se com uma mulher que afirmara não querer ter filhos e que mudara de ideia. É verdade que, mesmo depois que ela lhe dissera isso, ele insistira em lhe esconder uma informação pessoal muito importante, mas presumira que tudo não passasse de um capricho de Betsy, ou de hormônios, e que aquela fase fosse acabar tão depressa quanto começara.
— A casa era minha — respondeu Nik.
— E, agora, você pretende lhe tirar Lavender Hall e o cachorro — disse Cristo, impaciente.
— Gizmo também era meu. — Nik deu uma olhada para o cachorro que estava com ele havia dois meses e que parecia estar deprimido.
Deitado sob a janela, cercado de brinquedos, com o focinho apoiado nas patas, o bichinho parecia ter tudo que o dinheiro podia comprar, mas continuava a sentir a falta de Betsy.

             BAIXAR SÉRIE

12 comentários:

  1. A serie é ótima, dos três o que eu mais gostei foi o Rainha por um ano, porém gostei mais por causa do mocinho que da mocinha em si adoro mocinhos árabes, e o que menos gostei foi do esposa decidida e o noiva rebelde na minha opinião foi o melhor literariamente.

    ResponderExcluir
  2. Amei, amei...
    Esposa rebelde é muito doce! Amei o mocinho.
    Noiva rebelde é muito bom.
    E rainha por um ano encerra a séria muito bem.

    ResponderExcluir
  3. Noiva rebelde: Um romance bonito, moderno e cheio de personagens interessantes! Não curto romances muito extensos, mas esse merecia ter mais paginas, até para explorar os demais personagens do livro; a mocinha é marrenta e tem muita fibra. Os irmãos delas são umas figurinhas, a Lynne sabe envolver a gente com os personagens! Recomendo sim!

    ResponderExcluir
  4. O livro esposa decidida é bem chatinho

    ResponderExcluir
  5. Letícia Brandão29 de junho de 2017 19:58

    Recomendo!!!

    ResponderExcluir
  6. Noiva Rebelde: É o primeiro dos três que estou lendo. É um bom romance, sem grandes acontecimentos, sem grandes emoções, curtinho bom de ler!

    ResponderExcluir
  7. Por Um Ano Apenas: Das três estórias que compõem essa trilogia, essa sem dúvida nenhuma é a mais bonita. Zarif é tudo de bom, meio vingativo mas dá pra entender e perdoar, ele estava muito magoado com a rejeição, mas a autora conseguiu criar tão bem o personagem que dava pra sentir o grande amor dele em cada gesto, em cada palavra dele pra ela... Um amor lindo, com um epílogo maravilhoso. Gostei muito!

    ResponderExcluir
  8. Esposa Decidida: Esta também é uma linda estória de amor, o Nick me deu muita raiva no início, mas depois que foi revelado todos os seus mistérios, eu passei a amá-lo apesar do seu histórico de vida e de todo seu sofrimento ele era uma ótima pessoa por dentro, tudo o que ele fez foi para se defender, pois quando ele mais precisou não teve ninguém ao lado dele. Adorei!!!

    ResponderExcluir
  9. Por um Ano apenas : Sabe aquele livro que você começa e não consegue parar ate terminá-lo? Aconteceu com este, não sei o que tinha de especial mas me envolveu tanto que passei a madrugada lendo. Isto sim que é um bom romance , nem vou dizer mais nada, recomendadíssimo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia Luma ah como eu te entendo kkkkkkkk Eu também varei a madrugada lendo essa trilogia e não me arrependi!

      Excluir
  10. Noiva Rebelde e Esposa Decidida...bons livros e gostosos de ler!

    ResponderExcluir


MENINAS O BLOG, NÃO TEM MODERADOR DE COMENTÁRIOS. MAS COMENTÁRIOS OFENSIVOS OU PROVOCATIVOS SERÃO TIRADOS.

NÃO MANDO LIVROS POR EMAILS, O BOX TEM LIMITE PARA BAIXAR POR MÊS,
BAIXE APENAS O QUE VOCÊ IRÁ LER.
OS LINKS COSTUMAM PARAR DE FUNCIONAR NO FINAL DE CADA MÊS POIS O BOX ESTOURA O LIMITE, PARA ISSO NÃO ACONTECER PRUDÊNCIA NO BAIXAR DOS LIVROS.